Responsável por 'armar resultados' diz ter classificado Nigéria e Honduras para Copa de 2010

ESPN.com.br
Getty Images
Nigéria Quênia eliminatórias Copa 2010
Nigéria se classificou para a Copa de 2010 com vitória sobre Quênia na última rodada
Um confesso responsável por armar resultados de partidas de futebol afirmou ter ajudado na classificação das seleções de Honduras e Nigéria para a Copa do Mundo de 2010.

O cingapuriano Wilson Raj Perumal, que já admitiu participação em armação de jogos e que também já foi preso em 2011, assumiu agora, em um livro, que interferiu na definição dos times que competiram na África do Sul, há quatro anos. Alguns trechos do livro foram revelados pelo jornal inglês "Guardian".

No livro escrito em conjunto com dois jornalistas investigativos, ele contou que, em 2009, fez parte de uma organização com o objetivo de trabalhar com jogadores e árbitros na manipulação de resultados. Segundo o relato, ele teria que "fazer as coisas acontecerem" para Honduras vencer uma partida e se classificar para a Copa.

Perumal também detalha uma reunião com um dirigente, na qual ele promete qualificar a Nigéria para o Mundial em troca da organização de três amistosos e uma parte do dinheiro que a Fifa oferece a quem oferece um campo de treinamento aos times durante o Mundial.

Perumal explicou que ofereceu uma ajuda financeira a três jogadores para se esforçarem em uma vitória da Nigéria nas eliminatórias. E também que prometeu um bônus de US$ 100 mil à federação de Moçambique para que segurasse um empate contra a Tunísia.

No fim, Moçambique conseguiu uma improvável vitória por 1 a 0 na última rodada, o que, posteriormente, acabou valendo a classificação nigeriana para o Mundial. Com o triunfo por 3 a 2 sobre o Quênia, a Nigéria fechou o Grupo B da segunda fase com 12 pontos na liderança, contra 11 da Tunísia. Apenas o primeiro se garantia na Copa.

"Meu plano funcionou, e eu acabei sendo o herói da classificação da Nigéria para a Copa", escreveu Perumal. "Aí pensei. Caramba, ajudei dois times a se classificarem para a Copa, mas não posso dizer para ninguém."